Escolha uma Página

O empresário necessita cada vez mais estar preparado para as incertezas do mercado, bem como analisar sob todos os pontos de vista, seus pilares para o crescimento estruturado. A concorrência, o fator Governo, as mudanças e adequações tributárias e busca de melhor gestão interna administrativa e financeira, precisam ser atentamente analisadas.
Estar à frente das mudanças, seja em qualquer segmento, significa uma importante estratégia de permanência e expansão no mercado. Para tal, é imprescindível que o empresário tenha apoio de especialistas que permitam que as ideias por ele sonhadas sejam executadas de acordo com as normas vigentes e da maneira menos onerosa à empresa.
No planejamento, devemos incluir algumas áreas vitais, como as relacionadas aos deveres contratuais, relação com fornecedores, análise tributária, revisão de impostos, organização societária, preparação para “Due Diligence”, contencioso judicial e administrativo.
Estamos em um momento crucial de transição político-econômica, com vistas a uma nova fase de crescimento do país.
Uma sugestão de planejamento é:
1. Análise da organização, estrutura societária, riscos e tributos.
2. Reestruturação e identificação de oportunidades, por exemplo, as chamadas “Teses Tributárias”.
3. Criação de organogramas e fluxogramas que permitam o acompanhamento do crescimento do faturamento com a indicação de novos procedimentos, de acordo com as novas necessidades que possibilitem a menor carga tributária amparada em lei, gerando maior rentabilidade à empresa.

Importante também, em paralelo, estar apoiada com especialistas em outras áreas correlatas, como assessoria contábil, marketing, comercial e financeiro.
Portanto, para um crescimento estruturado, deve-se buscar o apoio de profissionais que disponibilizem as ferramentas e informações necessárias à tomada de decisões menos gravosas e onerosas à empresa, preparando-a para receber novos investimentos ou até mesmo realizar novas aquisições.

Vamos planejar 2019 e fazer um excelente ano!